Estudo ACEPI 2020

Abrir Formulário Newsletter
Newsletter
image

::: ACEPI ::: Estudo da Economia Digital em Portugal ::: 2020

A Associação da Economia Digital (ACEPI), apresentou, na última edição do Portugal Summit'20, em Outubro do ano passado, as principais conclusões da edição de 2020 do seu estudo Economia e Sociedade Digital em Portugal.

 

Este é um estudo realizado desde 2010 pela ACEPI, em parceria com a IDC, para enquadrar os principais indicadores relativos ao desenvolvimento da Economia e da Sociedade Digital em Portugal, incluindo o volume do Negócio Eletrónico nos seus principais segmentos e as previsões da sua evolução até 2025. Visando melhorar continuamente aquele que é o documento de referência nacional e internacional sobre a Economia e Sociedade Digital Portuguesas, o estudo referente a 2020 teve um formato mais alargado, incluindo informações e dados mais aprofundados e abrangentes, sem esquecer os impactos da Pandemia da Covid-19.

 

Um dos principais resultados sobre a utilização da internet pelos consumidores revela que a população portuguesa é cada vez mais digital. Ao longo dos últimos anos, a utilização da internet tem vindo a aumentar e, em 2019, atingiu ¾ dos portugueses. Considerando o efeito da pandemia COVID-19, espera-se que este ano ainda chegue a 81% da população.

 

Além disso, o estudo avança que mais de metade dos utilizadores da internet (51%) fez compras online durante o ano passado, e estima-se que este valor aumente para 57%. Por outro lado, a frequência das compras online também aumentou, com 73% dos compradores a comprar, em média, mais do que três a cinco vezes por mês.

 

Outro indicador promissor: as lojas portuguesas tiveram mais procura do que os websites estrangeiros devido ao facto de terem aderido ao formato online, sendo possível constatar uma grande evolução nas áreas de eficácia das modalidades de pagamento, conteúdo e transparência da informação, métodos de entrega e carrinho de compras flexível e intuitivo.

 

Este estudo estima ainda que o valor do comércio electrónico B2C tenha ultrapassado os 6 mil milhões de euros em 2019, devendo rondar os 8 mil milhões de euros em 2020.

 

A utilização da internet pelas empresas também aumentou, uma vez que, no estudo anterior, apenas 40% das empresas registavam presença online e, agora, já são 60%. Este crescimento deve-se, sobretudo, ao aumento da presença das micro e pequenas empresas na internet, face ao ano anterior.

 

Quando se trata de comércio electrónico, a taxa de empresas de grande dimensão que vende online situa-se nos 52%, aproximadamente e, quando questionadas sobre a perspectiva de evolução do comércio electrónico, cerca de metade refere que prevê um crescimento.

 

As empresas que utilizam o comércio electrónico para exportar online os seus produtos e serviços, indicaram que os países que possuem um maior peso no volume do comércio electrónico são Espanha e França, seguidos do Reino Unido e PALOP.

 

Quanto ao comércio electrónico B2B/B2G, o estudo estima que ultrapasse os 103 mil milhões de euros em 2020.

 

Consulte os documentos abaixo e aceda ao estudo completo. 

 

 

__________________________________________________________

Além do Estudo da Economia Digital, a ACEPI é também promotora do Programa Comércio Digital, cofinanciado pelo Compete 2020, Portugal 2020 e EU-FEDER, e dirigido às micro, pequenas e médias empresas portuguesas, do setor do comércio e dos serviços de proximidade.

Documentos

Newsletter

Subscreva a nossa Newsletter e esteja sempre a par das nossas novidades e eventos.
acepi
A ACEPI, Associação da Economia Digital, é uma organização sem fins lucrativos que tem como objetivo promover o meio digital junto das Empresas, dos Consumidores e do Estado.
Torne-se associado da ACEPI

Uma iniciativa:

logosfooter_uma-iniciativa.png

Com o apoio:

logosfooter_com-apoio.png

Cofinanciada por:

logosfooter_confinanciado.png

Em parceria com:

logosfooter_em-parceria-2021.png

Patrocinadores master:

Patrcoinadores_Master_novo_2020_12.png

Patrocinadores principais:

patrocinadores_principais_novo_2020_2.png (1)

Patrocinador:

patrocinador_novo_2020_2.png