Espinho acolheu Seminário sobre Transformação Digital para o Comércio

Abrir Formulário Newsletter
Newsletter
image

Espinho acolheu Seminário sobre Transformação Digital para o Comércio

A ADCE – Associação para o Desenvolvimento do Concelho de Espinho, no seu CLDS 4G Espinho Vivo, em conjunto com o Município de Espinho e em parceria com o GAEE - Gabinete de Apoio ao Empresário e ao Empreendedor da cidade, organizou, esta terça-feira, um seminário sobre a transição digital para o setor do comércio e serviços. Intitulado “Digitalização do Comércio”, o evento teve lugar na Biblioteca Municipal José Marmelo e Silva, em Espinho, e contou com a presença de diferentes especialistas da área do digital.

 

Com o intuito de sensibilizar, esclarecer e ajudar os empresários e empreendedores locais, a iniciativa iniciou-se com a intervenção de Tânia Araújo, coordenadora do Contrato Local de Desenvolvimento Social Espinho Vivo, referindo que “existe uma carência e uma clara falta de literacia digital por parte dos nossos comerciantes, razão pela qual este é um dos vetores principais de intervenção no nosso projeto e vamos prestar-lhe a devida atenção”, afirmou. A técnica expôs ainda o Kit Básico de Digitalização para Empresas que a associação desenvolveu para auxiliar neste processo.

 

O contexto pandémico e o boom que isso provocou no online em Portugal e no mundo foi também assunto central ao longo da palestra. Nuno Milagres, vice-presidente da ACEPI, apresentou as principais conclusões do Estudo Anual da Economia Digital, conduzido pela IDC e pela Associação da Economia Digital, em 2020, sublinhando a importância de “negócios e empresas portuguesas estarem presentes no motor de busca Google e em diretórios para o efeito, sob pena de marcas estrangeiras ganharem mais relevância na hora da pesquisa por produtos e serviços”, reforçou.

 

Segundo o coordenador do Programa Comércio Digital, um dos principais resultados no estudo sobre a utilização da internet pelos consumidores, “revela que a população portuguesa é cada vez mais digital. Ao longo dos últimos anos, a utilização da internet tem vindo a aumentar e, em 2019, atingiu ¾ dos portugueses. Considerando o efeito da pandemia COVID-19, espera-se que este ano ainda chegue a 81% da população”, divulgou.

 

De acordo com Nuno Milagres, é possível, através do documento, aferir que “mais de metade dos utilizadores da internet (51%) fez compras online durante o ano passado e estima-se que este valor aumente para 57%. Por outro lado, a frequência das compras online também aumentou, com 73% dos compradores a comprar, em média, mais do que três a cinco vezes por mês”, contou.

 

Números animadores e reveladores para André Gonçalves Silva, responsável dos CTT – Correios de Portugal, que deu a conhecer as principais vantagens e benefícios da adesão à aplicação CTT Comércio Local, que permite a comerciantes e empresários “vender mais, a toda a hora”, explicou.

 

A sessão contou igualmente com a participação de Vicente Pinto, vice-presidente do Município de Espinho, que diz ser entusiasta destes temas e que acredita que “a população em geral e os empresários ainda não compreenderam as totais potencialidades de um telemóvel e do mundo digital”, defendeu. O autarca mostrou-se ainda orgulhoso pelos projetos que a Câmara Municipal tem levado a cabo no sentido da modernização administrativa e adaptação à realidade da pandemia, de modo a apoiar o comércio local e facilitar a vida dos munícipes, nomeadamente com a plataforma Comer em Casa, que permite à restauração chegar a mais clientes.

 

Houve ainda tempo para questões e respostas, num debate final que levou os participantes a refletir nas necessidades de cada negócio no que a estas matérias diz respeito.

 

O evento foi transmitido em direto e está disponível para visualização e consulta nas páginas da Espinho Vivo e do Município de Espinho na rede social Facebook.

 

08.06.2021

_________________________________________________________

 

O Comércio Digital é um programa da ACEPI, cofinanciado pelo Compete 2020, Portugal 2020 e EU-FEDER, dirigido às micro, pequenas e médias empresas portuguesas, do setor do comércio e dos serviços de proximidade.

 

 

Newsletter

Subscreva a nossa Newsletter e esteja sempre a par das nossas novidades e eventos.
acepi
A ACEPI, Associação da Economia Digital, é uma organização sem fins lucrativos que tem como objetivo promover o meio digital junto das Empresas, dos Consumidores e do Estado.
Torne-se associado da ACEPI

Uma iniciativa:

logosfooter_uma-iniciativa.png

Com o apoio:

logosfooter_com-apoio.png

Cofinanciada por:

logosfooter_confinanciado.png

Em parceria com:

logosfooter_em-parceria-2021.png

Patrocinadores master:

Patrcoinadores_Master_novo_2020_12.png

Patrocinadores principais:

patrocinadores_principais_novo_2020_2.png (1)

Patrocinador:

patrocinador_novo_2020_2.png