Comércio Digital em destaque na informação do Compete2020

Abrir Formulário Newsletter
Newsletter
image
header image wave effect

Comércio Digital em destaque na informação do Compete2020

 

O Comércio Digital da ACEPI está em destaque na informação do Compete2020, que esta semana dedica uma newsletter exclusiva ao tema da economia online.  António Teixeira, coordenador do Comércio Digital, revelou os objetivos do programa e as ações que, até 2020, pretendem ajudar na digitalização de 50 mil empresas portuguesas.

 

"O programa Comércio Digital é uma iniciativa da ACEPI – Associação da Economia Digital, em pareceria com a Confederação do Comércio e Serviços de Portugal (CCP), que conta com o apoio do Ministério da Economia e é co-financiado pelo FEDER através do COMPETE 2020, que está a promover a presença online junto das empresas portuguesas do sector do comércio e dos serviços, dando-lhes a conhecer as estratégias para uma presença online e as ferramentas essenciais do marketing digital que lhes permitirá “modernizar e internacionalizar os seus negócios, aproveitando novas oportunidades, no contexto do comércio online e da economia digital a nível mundial.

 

O roadshow nacional do programa Comércio Digital – Qualificar o Comércio e os Serviços para a Economia Digital arrancou na cidade de Leiria com o Ministro Adjunto e da Economia, Pedro Siza Vieira a presidir ao arranque, no passado mês de fevereiro. Já foram realizadas 11 sessões, em 11 cidades diferentes que juntaram quase um milhar de participantes. Até 2020 o programa vai percorrer o país para realizar um total de 150 sessões e colocar cerca de 50 mil empresas na economia digital.

 

O ComércioDigital.pt disponibiliza uma plataforma online com conteúdos informativos de capacitação para a economia digital e efetuar conjunto de estudos sobre os negócios e os mercados online.

 

O balanço é muito positivo pela adesão de participantes. À medida que vamos passando pelas cidades com o roadshow sentimos o interesse dos comerciantes e empresários em conhecer o programa e as potencialidades do mercado digital.

 

A ACEPI está a mobilizar os empresários para a digitalização mostrando-lhes a importância de uma presença digital e da incorporação da tecnologia nos seus modelos de negócio. Em todas as sessões apresentam um consultor de economia digital e de e-commerce, que tem como objetivo sensibilizar e capacitar os comerciantes e empresários para a importância de ter um website, ou seja, uma “montra e uma morada” online, que consideram ser o primeiro passo para a digitalização.

 

O mercado online vai dar um maior alcance às empresas e é esse impulso que o Comércio Digital quer dar às micro, pequenas e médias empresas portuguesas.

 

A realização deste programa que integra o roadshow nacional, para tentar chegar a todas as microempresas e PME só é possível com o apoio do COMPETE 2020, que percebeu desde início, a importância de apoiar os comerciantes e empresários portugueses na sua entrada no mercado digital. O projeto conta com o apoio do COMPETE 2020 no âmbito do Sistema de Apoio a Ações Coletivas, envolvendo um investimento elegível FEDER de 1,4 milhões de euros o que resultou num incentivo FEDER de cerca de 1,2 milhões de euros. Apesar de existir alguma resistência das empresas na entrada do mercado digital, acreditamos que o programa Comércio Digital vai mudar esta realidade até 2020.

 

O mais recente estudo sobre a economia digital conduzido pela IDC, ACEPI e apoiado pelo .pt comprova que apenas 40% das empresas portuguesas têm presença online e, destas, só 18% vendem para o estrangeiro. Ora, isto significa que cerca de 60% das empresas portuguesas estão a perder “o comboio da internet” e as suas potencialidades.

 

O mundo mudou. Vivemos atualmente numa sociedade digital que preconiza o estar online em qualquer lugar, a qualquer hora e em qualquer dispositivo. Este estudo estima a evolução da percentagem da população que vai estar e comprar online em 2025, mostrando dados relevantes referentes ao ano transato acerca da mesma temática.

 

O mesmo mostra ainda que, segundo os mais recentes valores de volume de negócios, o online é uma oportunidade única, sobretudo para as PMEs portuguesas. Na verdade, em 2020, mais de metade da economia estará digitalizada, com o valor a passar para os 90% em 2027.

 

Os números do último estudo da ACEPI com a IDC revelam igualmente que o número de portugueses que compram online está a crescer, com 3,5 milhões a usarem a internet para fazer compras, representando em 2018 já 4,9 mil milhões de euros.

 

O Comércio Digital já está na estrada e vai apoiar a entrada de milhares de empresas portuguesas no mercado online, mais perto do futuro e sem fronteiras."

 

Fonte: Compete2020

12.04.2019

Newsletter

Subscreva a nossa Newsletter e esteja sempre a par das nossas novidades e eventos.

uma iniciativa:

Uma_Iniciativa.png

com o apoio da:

Com_Apoio.png

em parceria com:

Em_Parceria.png

cofinanciado por:

Confinanciado.png

patrocinadores master:

patrocinadores_master2.png

patrocinadores principais:

Patrocinadores_Principais.png

patrocinador:

Patrocinador.png